DELUBIO

Blog da Paraíba e Nordeste, futebol ao vivo, jogos, Copa do Nordeste

Noticias

Hospital Municipal Santa Isabel atende primeira indígena que se prepara para cirurgia bariátrica

SPA Cirúrgico

Hospital Municipal Santa Isabel atende primeira indígena que se prepara para cirurgia bariátrica

08/06/2023 | 14:00 | 25

O SPA Cirúrgico do Serviço de Cirurgia Bariátrica do Hospital Municipal Santa Isabel (HMSI), que compõe a rede especializada de saúde da Prefeitura de João Pessoa, recebeu sua primeira paciente indígena. Trata-se de Edna Ferreira da Silva, de 45 anos, Potiguara da Aldeia Vila Monte-Mór, localizada no município de Rio Tinto. Ela será a primeira indígena paraibana a realizar a cirurgia bariátrica pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em João Pessoa.

Edna conta que desde 2014 tentava a cirurgia, sem sucesso, e quando o serviço foi retomado no Hospital Santa Isabel, se inscreveu. Ela iniciou, então, o acompanhamento na unidade, e como não conseguia perder o peso necessário para realização do procedimento cirúrgico, foi encaminhada para o SPA.

Cozinheira, Edna revela que, por conta da obesidade, enfrentou vários problemas de saúde e agora busca uma mudança de vida. “É muita batalha, mas estou aqui para atingir o meu objetivo, uma mudança de vida, para eu poder fazer minhas atividades como um ser humano normal. Quando a pessoa é obesa, a gente tem limitações. Eu não posso tomar conta da minha casa, porque não posso ficar em pé por muito tempo. Já desenvolvi condromalácia [lesões da cartilagem], tenho bico de papagaio, faço tratamento ortopedista”, disse ao relatar os problemas por conta do excesso de peso.

Casada, mãe de dois filhos e avó, ela diz que, com a cirurgia, busca viver. “Eu vim buscar uma forma de viver, eu quero viver e não sobreviver. E a cirurgia bariátrica é uma forma de você viver com qualidade de vida. É isso que eu busco”, ressaltou.

Ela não poupa elogios ao serviço humanizado e aos profissionais que integram a equipe do Hospital Santa Isabel. “O acolhimento no Santa Isabel é maravilho. Não tenho nem como descrever, só gratidão, porque os profissionais são excelentes. Eu já fui tratada em outro hospital, mas não tinha sido acolhida como estou sendo aqui, com amor, carinho e muito profissionalismo. A equipe é excelente. Estou recebendo toda assistência que eu preciso dentro do SUS”, garante.

O SPA possibilita, através da internação hospitalar em leitos exclusivos e adaptados para as condições que os pacientes necessitam, um acompanhamento diário e contínuo, inserindo dietas mais restritivas associadas a atividades físicas, fisioterapias respiratórias e acompanhamento psicológico.

Edna está sendo acompanhada pela equipe multidisciplinar do Serviço de Cirurgia Bariátrica do Hospital Santa Isabel, formada por cirurgiões bariátricos, psicólogos, fonoaudiólogos, assistente social, nutricionistas, educadores físicos e endocrinologistas.

Trabalho de conscientização – Edna não se prende aos seus desafios pessoais e realiza um trabalho de conscientização em relação à obesidade junto a outras mulheres. “Desde 2015 eu idealizei um projeto, instalado em 2017, ‘Lutando contra Obesidade Rio Tinto’. É um trabalho de conscientização das mulheres gordas e também de luta pelos nossos direitos, de ter uma cadeira de roda que comporte nosso peso, ter direito aos assentos públicos, a uma alimentação saudável”, informa ela, que já realizou também um trabalho à frente da academia de saúde da Aldeia Monte-Mór, onde trabalhava com 150 mulheres estimulando elas a terem uma qualidade de vida melhor.

  • Texto: Glaudenice Nunes Edição: Cristina Cavalcante Fotografia: assessoria

  • Secretarias

    sms

  • Tags

    cirurgia bariátrica hospital santa isabel indígena paciente indígena saúde SMS SPA Cirúrgico