Sérgio Queiroz volta a ser sondado para vice de Pedro, após repercussão negativa da escolha de Domiciano


Compartilhe

Quase ninguém quer falar sobre o assunto para evitar desconforto no grupo, mas repercutiu de maneira “pesada” a escolha do ex-deputado Domiciano Cabral (Cidadania) para a vice de Pedro Cunha Lima (PSDB), pré-candidato ao governo da Paraíba.

A defesa da experiência política do vice continua valendo, como fez o próprio Pedro na convenção da legenda. Mas o argumento ainda não superou a imagem da “velha política” materializada por Domiciano. “Perfil” que o cabeça de chapa também condena em todas as suas falas.

O Conversa Política apurou que por causa da repercussão, o pastor e procurador Sérgio Queiroz (PRTB) ainda não é carta fora do baralho, para alguns correligionários de Pedro. Continua sendo sondado.

Antes de acabar o fim do prazo para registro de candidatura, 15 de agosto, mensageiros tentam convencer o pré-candidato ao Senado aceitar o convite de ser o vice do tucano.

Veja também  STF julga mudanças na lei de improbidade que podem beneficiar ex-governadores

Major Fábio, pré-candidato ao governo pelo partido do procurador, PRTB, seria convidado a disputar uma vaga na proporcional.

A ex-convidada a vice de Pedro, Melca Farias, amiga de Queiroz, estaria no circuito, tentando convencê-lo da força da mudança.

A união de forças que têm um discurso de mudança e transformação mais convincente, seria o argumento para concretizar a nova composição.

Negativa 

Nas últimas entrevistas, Sérgio Queiroz manteve a posição de que a candidatura ao Senado não tem volta. Major Fábio também não abre mão da candidatura ao governo. Então, por enquanto, de concreto, só as as peças se mexendo.

Domiciano deve se mexer também, afinal não escondeu a felicidade de voltar à cena política como candidato a vice de Pedro.

É acompanhar.

  • domiciano
  • fábio
  • major
  • paraíba
  • pedro
  • Sérgio Queiroz
  • SONDADO

Laerte Cerqueira

Doutor em Comunicação (UFPE), professor do Mestrado em Jornalismo da UFPB. Autor do livro A Função Pedagógica do Telejornalismo (Insular, 2018). É repórter, editor e comentarista político das TVs Cabo Branco e Paraíba e CBN/PB.

Angélica Nunes

Jornalista formada pela UFPB, com bacharelado em Direito (Unipê). Atua na cobertura política no Jornal da Paraíba, na CBN e nas TVs Cabo Branco e Paraíba.

Deixe uma resposta Cancelar resposta

Leia também

Conversa Política

Executiva Nacional da Federação PT, PC do B e PV aprova aliança com MDB de Veneziano na Paraíba

A aliança foi aprovada, por unanimidade, inclusive com votos de integrantes nacionais do PV e do PC do B. 

Conversa Política

Eleições 2022: juíza solicita ao TRE-PB forças federais para duas cidades da Paraíba

A solicitação visa reforçar a segurança no dia do pleito, com primeiro turno marcado para o próximo dia 2 de outubro.

Conversa Política

Em busca de representatividade, mulher trans se candidata a vaga na ALPB

Nicole D’Lamarck, de 38 anos, vai disputar uma vaga na Assembleia Legislativa da Paraíba pelo PSDB.

Cadastre-se na nossa newsletter

    Cadastre-se na nossa newsletter

      Deixe um comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado.

      Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.