TCE-PB nega recurso de Gilberto Carneiro para revisão de condenação no 'Jampa Digital'


Compartilhe

O Pleno do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) rejeitou um pedido do ex-secretário Gilberto Carneiro Gama contra decisão da Corte que havia ordenado que ele devolvesse valores no processo no Projeto Cidade Digital da Prefeitura de João Pessoa, mais conhecido como ‘Jampa Digital’, que prometia instalar internet gratuita em vários pontos da capital. O caso foi analisado na sessão ordinária desta quarta-feira (27).

Na sessão, o ex-secretário fez sua própria defesa e alegou que não foi o ordenador das despesas, responsável pela execução do projeto. Reiterou que a pasta da Administração, a qual ele conduzia na gestão do então prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho, apenas realizou o processo de licitação e apelou pelo instituto da segurança jurídica.

No mesmo entendimento do procurador de Contas, Manoel Antônio dos Santos, em seu parecer, o relator do processo, o conselheiro Antônio Gomes Vieira Filho, argumentou que a defesa não apresentou documentos novos capazes de modificar a decisão. O seu voto foi aprovado à unanimidade.

Veja também  TV Cabo Branco vai iniciar geração do guia eleitoral para Eleições 2022

O projeto da Prefeitura de João Pessoa na gestão de Ricardo Coutinho se tornou alvo de investigação por suspeita de irregularidades. O caso passou a ser analisado após inspeção especial, oriunda de denúncia formulada pelo então secretário, hoje deputado federal Aguinaldo Ribeiro (Progressistas), em 2012.

Decisão do TCE

Em 2018, após analisar o processo, constatou superfaturamento nos preços de alguns equipamentos adquiridos à empresa Ideia Digital Sistemas Consultoria e Comércio LTDA para o Projeto Jampa Digital. Em decorrência disso, imputou débito no montante de R$ 355.890,00 ou 7.425,20 UFR-PB, solidariamente, a Gilberto Carneiro (ex-secretário de Administração de João Pessoa) e ao espólio de Paulo Badaró de França (ex-secretário de Ciência e Tecnologia).

Na decisão, o TCE também imputou multa pessoal a Gilberto Carneiro de R$ 4.150,00 ou o correspondente a 86,58 UFR-PB por superfaturamento nos preços de alguns equipamentos adquiridos para o Projeto Jampa Digital, dentre outras irregularidades.

  • gilberto carneiro
  • jampa digital
  • tce-pb

Angélica Nunes

Jornalista formada pela UFPB, com bacharelado em Direito (Unipê). Atua na cobertura política no Jornal da Paraíba, na CBN e nas TVs Cabo Branco e Paraíba.

Laerte Cerqueira

Doutor em Comunicação (UFPE), professor do Mestrado em Jornalismo da UFPB. Autor do livro A Função Pedagógica do Telejornalismo (Insular, 2018). É repórter, editor e comentarista político das TVs Cabo Branco e Paraíba e CBN/PB.

Deixe uma resposta Cancelar resposta

Leia também

Conversa Política

Câmara de João Pessoa vai realizar sabatinas com candidatos ao governo da Paraíba

A primeira rodada de entrevistas será iniciada no dia 29 de agosto e vai até 6 de setembro. No segundo turno, os dois candidatos concorrentes serão sabatinados nos dias 10 e 11 de outubro.

Conversa Política

Famílias paraibanas começarão a ser indenizadas por Seguro Habitacional

O pagamento põe fim aos impasses que envolvem os mutuários por meio do Sistema Financeiro de Habitação (SFH).

Conversa Política

TV Cabo Branco vai iniciar geração do guia eleitoral para Eleições 2022

Ordem de veiculação do guia eleitoral dos candidatos será definida no dia 19 de agosto, às 10h, no edifício-sede do TRE-PB.

Cadastre-se na nossa newsletter

    Cadastre-se na nossa newsletter

      Deixe um comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado.

      Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.