Novo post criado em 23 de Jul de 2022 as 23:19:21

O secretário de Educação do município, Raymundo Asfora Neto, participou na manhã desta sexta-feira, 22 de julho, do evento de lançamento dos projetos “Liberdade no Ar” e “Educar para não resgatar” promovidos pelo Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB).

As iniciativas têm por objetivo a prevenção e o combate ao tráfico de pessoas para fins de trabalho escravo. O evento aconteceu na sede da Procuradoria do Trabalho de Campina Grande, no Complexo Judiciário.

Por meio do projeto “Educar para não Libertar”, que acontecerá em parceria com a Secretaria de Educação (Seduc) serão realizadas oficinas comabordagem da temática em sala de aula, além da produção de trabalhos pelos alunos da Rede Municipal de Educação com uma culminância para apresentar os resultados.

Para a vice-procuradora-chefe do MPT-PB, Marcela Asfora, o conhecimento é fundamental para combater situações de trabalho análogo à escravidão. “Esses projetos visam a prevenção e o empoderamento da sociedade com conhecimento. A Paraíba é um estado de recrutamento. O ‘Educar para não resgatar’ visa evitar que crianças e adolescentes sejam vítimas do trabalho análogo à escravidão, como jovens atletas que são atraídos por propostas vantajosas quando chegam em seus destinos se encontram em situações precárias”, afirmou.

O secretário de Educação, Raymundo Asfora Neto, destacou a importância de mais uma parceria institucional com o MPT. “Esse trabalho de conscientização é muito importante. Temos hoje cerca de 36 mil crianças e jovens matriculados na Rede e essa parceria vem para potencializar o debate. O que nos marca muito é essa nova modalidade de atrair a criança pelo sonho, por exemplo, de jogar bola. Por isso, a atuação entre Ministério Público do Trabalho e Educação é importante para prevenção de cenários como esses”, avaliou.

Durante o evento foi feita a exibição do documentário “Precisão”, produzido pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) e MPT.

Presenças

Estiveram presentes também no evento, a auditora fiscal do Trabalho, Jaidete de Oliveira Gomes; a gerente de Desenvolvimento Humano da Secretaria de Desenvolvimento Humano do Estado, Mônica Ervolino; o presidente da OAB seccional Campina Grande, Alberto Jorge; o chefe da 2ª delegacia da Polícia Rodoviária Federal (PRF-PB), Victor Sales.

Codecom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.