Novo post criado em 22 de Jul de 2022 as 07:20:37

O resultado das Ações Intersetoriais de Proteção à Criança e ao Adolescente, realizadas no Parque do Povo (7ª edição) e no distrito de Galante (2ª edição), durante O Maior São João do Mundo, que tiveram como principal objetivo, garantir o direito das crianças e adolescentes, contra qualquer tipo de abuso e trabalho infantil, foi divulgado nesta quinta-feira, 21, no auditório da Sociedade Médica de Campina Grande.

Já na abertura, a Diretora de Proteção Especial de Média e Alta Complexidade, Uelma Alexandre, apontou dados que mostram a evolução da Ação, ao longo das sete edições no Parque do Povo. “No primeiro ano, em 2014, nós abordamos 486 crianças em situações diversas. Os dados que estamos apresentando aqui hoje, mostram o quanto tem sido importante esse trabalho intersetorial, que vem contribuindo para diminuir esses números a cada ano”, adiantou a Diretora.

Este ano, foram 108 situações no Parque do Povo, o que não representou um grande aumento em relação a 2019 (último ano da ação, antes da pandemia); quando foram feitas 99 abordagens. Historicamente, as equipes tem encontrado um maior número de meninos, durante essas situações, sendo bem superior ao de meninas. Este ano foram 67 meninos e 41 meninas no Parque do Povo. Em Galante, este número é ainda mais baixo, contando com 19 casos; sendo 14 meninos e 5 meninas, este ano.

Faixa Etária

A idade das crianças abordadas varia dos 14 aos 16 anos no Parque do Povo, e de 12 anos em Galante. Na análise, também foram apontadas as datas que essas crianças estavam em maior quantidade na festa, no dia 12 de junho (dia dos namorados e geralmente de grandes shows); e dias 23 e 24 de junho, véspera e dia de São João. Os jovens que se apresentavam em situações mais graves ou de periculosidade foram orientados e encaminhados para os respectivos serviços de apoio da Prefeitura eou do Ministério Público.Os dados gerais da Ação no Parque do Povo e em Galante, foram apresentados pela Gerente da Criança e do Adolescente, Magliana Leite e por Jussara Melo, coordenadora do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI). Estiveram presentes também toda a equipe de abordadores e representantes de vários serviços da Semas.

O secretário da Semas, Valker Neves, comentou sobre as parcerias na gestão pública para promover acessibilidade e dignidade à população de crianças a adolescentes. “Refletindo sobre todas essas ações intersetoriais, é preciso reconhecer o avanço do trabalho dessa equipe do nosso prefeito, Bruno Cunha Lima, que sempre chega junto e nos ajuda a ir em frente. Como o próprio nome diz, Intersetorial, ou seja, um trabalho de muitas mãos, fazendo com que cheguemos ainda mais ”, afirmou o Secretário.

“Não é fácil, abordar, entrevistar a criança e a família, adquirir a confiança deles, para que possam ser alcançados por políticas públicas, que vão mudar a vida dessas pessoas. Por isso parabenizo a toda a equipe envolvida, inclusive porque essa, é uma ação já conhecida lá fora e tem sido uma das boas práticas em nossa cidade, com excelentes resultados”, afirmou o Procurador do Trabalho no Município, Raulino Maracajá.

Ações Nacionais

A campanha ocorreu com o intuito de acompanhar ações nacionais ligadas ao Ministério do Trabalho. A comissão formada para acompanhar o serviço na cidade é composta por 40 pessoas (entre assistentes sociais e técnicos), atuantes no período do São João, que promoveram orientações, distribuição de panfletos e adesivagem em pontos estratégicos em Campina Grande e no distrito de Galante.

Participaram também do evento, a Gerente de Transporte da STTP, Aracy Brasil (representando o Superintendente Dunga Júnior); a Coordenadora de Saúde da Criança, Adolescente e Jovens da Secretaria de Saúde, Gelma Marques, (representando o Secretário de Saúde Gilney Porto); o Sub Tenente, Joseval Francisco,(representando o Cel Samaroni – Comandante do 2º BPM); e o assessor administrativo, Manoel de Freitas (representando a secretária de Cultura, Giseli Sampaio), além de Fátima Ribeiro, Conselheira Tutelar.

Codecom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.