Alunos da Rede Municipal conquistam medalhas em evento nacional de Astronomia e Astronáutica

Conhecimento

Alunos da Rede Municipal conquistam medalhas em evento nacional de Astronomia e Astronáutica

20/07/2022 | 18:00 | 354

Estudantes de escolas da Rede Municipal de João Pessoa conquistam medalhas de bronze na 25ª Olimpíada de Astronomia e Astronáutica (OBA) e 16ª Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG). Os eventos foram disputados por 44 estudantes da Capital, sendo dois vencedores, Maria Ariela, do 4º ano da Escola Zulmira dos Novais, e Júlio César, do 8º ano da Escola Francisca Moura.

Os eventos organizados pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro são abertos à participação de escolas públicas ou privadas, urbanas ou rurais, voltados para alunos do primeiro ano do Ensino Fundamental até o último ano do Ensino Médio. No caso da Mostra de Foguetes, também participam alunos do Ensino Superior. As provas, que desde 2020 acontecem de forma virtual por conta da pandemia, são supervisionadas por professores das áreas de Geografia, Ciências e Matemática de cada instituição inscrita.

Para o professor de Geografia da Escola Zulmira de Novais, Everaldo Júnior, a questão espacial não está na grade escolar, mas tem despertado o interesse do alunado cada vez mais. “Desde 2015 estamos participando desses eventos. Em 2019, por exemplo, ganhamos quatro medalhas. Este ano conquistamos uma apenas, mas tem sido gratificante ver o desempenho dos alunos que, mesmo na pandemia, com o ensino à distância, se envolveram e por iniciativa própria foram em busca dos temas”, ressaltou.

O professor disse que os alunos também confeccionaram os próprios foguetes para lançamentos na Estação Cabo Branco. “Usamos bombas de pneu de bicicleta e alguns lançamentos chegaram a 100 metros de distância”, explicou. Além de Everaldo Júnior, os professores Otaviano Lima, Klebson Cordeiro e Gessinaldo Borba participaram das atividades orientando os alunos.

O professor de Ciências da Escola Francisca Moura, Thiago Elisei, disse que a conquista da medalha foi uma surpresa por se tratar de um ano em que a pandemia mudou a rotina escolar. “Foi muito gratificante ver o desempenho do Júlio e descobrir sua aptidão para a área de Astronomia. Esta é uma matéria pouca explorada no Brasil e esses eventos vão abrindo os espaços”, frisou.

  • Texto: Djane Barros Edição: Andrea Alves Fotografia: Thiago Elisei

  • Secretarias

    sedec

  • Tags

    16ª Mostra Brasileira de Foguetes 25ª Olimpíada de Astronomia e Astronáutica conhecimento educação Escola Francisca Moura Escola Zulmira dos Novais medalhas MOBFOG OBA sedec

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.