Economia criativa de João Pessoa é pauta em conferência internacional da Unesco

Artesanato e Arte Popular

Economia criativa de João Pessoa é pauta em conferência internacional da Unesco

19/07/2022 | 18:34 | 51

A economia criativa de João Pessoa está em pauta na XIV Conferência Anual da Rede de Cidades Criativas da Unesco (UCCN). A capital paraibana é uma das participantes do evento internacional que acontece em Santos (SP), até a próxima sexta-feira (22). Dentro da programação técnica do encontro, será feito intercâmbio de experiências sobre como cultura e criatividade podem promover a inclusão social e a igualdade de oportunidades.

Esta é a primeira vez que a conferência é organizada na América Latina. Com o tema ‘Criatividade, caminho para a igualdade’, o evento está compartilhando e discutindo ideias e projetos inovadores em sessões e oficinas ao longo da semana, com mais de 300 participantes de 50 países. E João Pessoa desponta nesse meio, como a única cidade brasileira com o selo Unesco de Cidade Criativa, no segmento Artesanato e Arte Popular.

Nesta terça-feira (19), quando aconteceu a abertura oficial da Conferência, a comitiva pessoense esteve reunida com a representante da Unesco no Brasil, Isabel de Paula. Entre os temas abordados na oportunidade, estava a proposta de criação no Brasil de um prêmio de excelência para o artesanato brasileiro, com os auspícios da Organização Mundial do Artesanato e da Unesco, e a orientação técnica, a metodologia e a proposta desenvolvidas por João Pessoa.

O coordenador de Projetos Especiais da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedest), Eduardo Barroso, está representando a Prefeitura de João Pessoa na programação técnica da conferência. Segundo ele, a capital paraibana tem exercido um papel de protagonismo junto às cidades criativas do Brasil. “Estamos à frente de ações importantes dentro do evento, que marcam a posição de João Pessoa como liderança inequívoca na rede brasileira de cidades criativas da Unesco”, destacou.

Iniciativas – Outra pauta que será compartilhada no encontro técnico é a iniciativa da Prefeitura de João Pessoa em trabalhar políticas públicas para a economia criativa local. O município está elaborando a Carta da Cidade Criativa, para que seja um norte para todas as ações que serão desenvolvidas a partir de então. Trata-se de um documento pioneiro, que vem sendo construído após discussões durante duas rodadas da Oficina de Design Territorial, realizadas em maio e junho deste ano.

O debate em torno de políticas públicas ganhou força pela iniciativa da gestão municipal em, pela primeira vez, voltar um olhar para a formalização da economia criativa, com a chegada do programa ‘Eu Posso Criar’, desenvolvido pela Sedest. Com o programa, foi instalada uma diretoria específica para fomentar o segmento. “A partir daí, realizamos importantes ações, como oficinas e ciclo de capacitações para artesãos, que já estão servindo como modelo para outras cidades do Brasil. Tudo isso também será partilhado na Conferência Anual da Rede de Cidades Criativas da Unesco”, disse a diretora de Economia Criativa da Sedest, Marianne Góes.

Eduardo Barroso destacou ainda que, além de mostrar a experiência pessoense, um grande objetivo é se conectar às melhores práticas das demais participantes do evento. “Sobretudo, as cidades que hoje detêm uma expertise em alguns temas que são do nosso interesse, como, por exemplo, a criação dos Distritos Criativos”, acrescentou.

Exposição – Dentro da conferência, está acontecendo a Expo Brazilian Creative Cities, onde as práticas do artesanato local e os atrativos turísticos de João Pessoa estão sendo apresentados em um stand. “Lá, temos uma equipe preparada para falar sobre as tipologias do nosso artesanato, nossas peças e nossos artistas, além de representantes da Secretaria Municipal de Turismo, mostrando nossas belezas naturais, patrimônios históricos e gastronomia. É um verdadeiro cartão de visita da cidade”, acrescentou Marianne Góes.

No stand, os visitantes ainda estão recebendo um material impresso com QR Code, contendo material interativo apresentando a cidade, incluindo um vídeo que destaca as principais iniciativas da economia criativa local.

  • Texto: Alysson Bernardo Edição: Felipe Silveira Fotografia: Assessoria

  • Secretarias

    sedest sedesp

  • Tags

    arte popular artesanato Conferência criativa economia sedest Unesco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.