Centro de treinamento do Campinense é invadido após derrota para o Botafogo-SP e carros são depredados


Compartilhe

Os prejuízos do Campinense após a derrota por 3 a 1 para o Botafogo-SP, no último domingo, não foram apenas dentro de campo, mas também na esfera material. O clube informou que pouco após o fim da partida, um grupo de cerca de seis pessoas invadiu seu centro de treinamento, alguns deles armados, e fez uma grande quebradeira em carros que estavam no estacionamento.

O clube repudiou o ato através de uma nota. O Jornal da Paraíba conversou com o presidente da agremiação, Danylo Maia, que deu detalhes do acontecido. Segundo ele, os seis homens estavam encapuzados e abordaram o vigilante, afirmando que entrariam no local e que nada aconteceria com ele. O mandatário informou que os quatro carros depredados pertencem a Dorgival Pereira, supervisor de futebol, ao massagista Jorge, ao atacante Caíque e a um torcedor, que havia sido sorteado em uma ação para ir para o camarote do clube, no Amigão.

Na nota o Rubro-Negro diz que essas pessoas não são torcedores, e se coloca à disposição das autoridades para tentar identificar os responsáveis.

“O Campinense não reconhece essas pessoas como torcedores e sim como bandidos. A torcida tem o direito de protestar sobre os resultados, desde que de forma civilizada. O clube registrou boletim de ocorrência e se coloca à disposição das autoridades públicas para identificação e punição aos envolvidos”, informou um trecho da nota.

Veja também  Campinense sofre nova virada e perde para o Botafogo-SP no Amigão pela Série C imagem04-07-2022-14-07-30Carro depredado no Renatão | Foto: Isaac Falcão / Campinense Clube

Leia a nota na íntegra ao fim desta reportagem.

Apesar de na nota afirmar que foi feito o boletim de ocorrência, nesta segunda-feira o clube informou que o BO ainda não foi feito, que estão coletando as imagens das câmeras de segurança do Renatão, para ajudar nas investigações. Danylo Maia ainda informou que todos os prejuízos serão arcadas pelo clube, até que os responsáveis sejam identificados.

Leia a nota do Campinense

A diretoria do Campinense Clube vem a público lamentar e repudiar profundamente os atos de depredação de um grupo de vândalos travestidos de torcedores no estacionamento do Estádio Renatão, na noite deste domingo (03), após a partida contra o Botafogo/SP.

Cerca de 10 vândalos, alguns deles armados, invadiram a sede do clube, no estádio estádio Renatão, pouco depois da partida no Amigão. Eles renderam o vigilante e quebraram quatro carros que estavam no estacionamento do CT. O Campinense não reconhece essas pessoas como torcedores e sim como bandidos. A torcida tem o direito de protestar sobre os resultados, desde que de forma civilizada.

O Clube registrou boletim de ocorrência e se coloca à disposição das autoridades públicas para identificação e punição aos envolvidos.

  • campinense
  • invasão
  • nota

imagem04-07-2022-14-07-31

Izabel Rodrigues

Radialista e repórter esportiva.

Deixe uma resposta Cancelar resposta

Leia também

Campinense

Campinense confirma Flávio Araújo no comando da Raposa para a sequência da Série C do Campeonato Brasileiro

“Rei do acesso”, como é conhecido no futebol, treinará a sua segunda equipe no futebol paraibano. Em 2018, comandando o Treze, levou o arquirrival da Raposa à Série C do Brasileirão.

imagem04-07-2022-14-07-32

Campinense

Campinense perde mais uma na Série C e demite Ranielle RIbeiro

Treinador sai após dois títulos estaduais pelo clube e com um acesso para a Série C. Na Terceirona, clube não está bem até o momento, integra a zona de rebaixamento e periga cair.

imagem04-07-2022-14-07-34

Campinense

Campinense sofre nova virada e perde para o Botafogo-SP no Amigão pela Série C

Após dois gols relâmpagos no primeiro tempo, Pantera se impõe na segunda etapa, marca duas vezes, vira a partida, vence fora de casa e agora está em 5º. Campinense perde mais uma e segue no Z-4

Cadastre-se na nossa newsletter

    Cadastre-se na nossa newsletter

      Deixe um comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado.

      Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.