Prefeitura dispõe de grupo terapêutico para comunidade aprender sobre o uso de ervas medicinais

Fitoterapia

Prefeitura dispõe de grupo terapêutico para comunidade aprender sobre o uso de ervas medicinais

25/06/2022 | 18:00 | 53

A prática de utilizar chás medicinais para cuidar da saúde faz parte da história da humanidade. O Chá da Tarde, realizado às quartas-feiras, no Centro de Práticas Integrativas (CPICS) do Equilíbrio do Ser, no bairro dos Bancários, resgata essa tradição milenar. O serviço é mantido pela Prefeitura de João Pessoa, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e funciona das 15h às 17h.

O diretor geral do Equilíbrio do Ser, João Segundo, fala da importância do grupo. “A fitoterapia é uma das práticas integrativas, reconhecida pelo Ministério da Saúde. Ela é transversal em várias outras práticas e o conhecimento das ervas medicinais perpassa por todo cuidado à saúde. No entanto, não é porque um produto é natural que deve ser usado de toda forma. Esse trabalho do Chá da Tarde é importante da necessidade de haver uma orientação sobre o conhecimento em fitoterapia, manipulação e uso correto das ervas e plantas medicinais”.

imagem26-06-2022-01-06-53

Segundo a coordenadora do grupo, a farmacêutica Renata Damião, a turma é formada por pessoas da comunidade e aborda temas como quais os medicamentos podem ser produzidos ou aproveitados a partir das ervas, como prepará-las e como cultivá-las.

Para ela, a troca de informações é importante, porque é preciso ter conhecimento das ervas para utilizar os chás de forma segura e sem riscos à saúde.

Preparo – Os chás com ervas medicinais são indicados para muitos tratamentos de saúde. O chá com flores e ervas deve ser preparado por infusão, na proporção de uma colher de sopa para cada litro de água. Assim que a água ferver, o fogo deve ser desligado e na sequência acrescentada a erva. A panela deve ser mantida tampada por alguns minutos. Quanto mais tempo, mais forte o sabor do chá.

Já o preparo de ervas medicinais duras, como por exemplo a cavalinha, o modo de fazer é a decocção, ou seja, quando a água ferver, deve acrescentar a erva e deixar em fogo baixo, com o recipiente tampado, por cerca de 5 minutos.

Os chás podem ser consumidos quentes ou gelados. Duram cerca de 24 horas e o ideal é mantê-los em garrafas de vidros. Dê preferência às ervas medicinais frescas ou desidratadas, em vez de sachês, que normalmente possuem antifúngico.

Acesso – O grupo é voltado para a comunidade, mas as reuniões são restritas a dez pessoas devido aos cuidados com a pandemia para evitar aglomeração. Paraa população participar do grupo do Chá da Tarde ou de qualquer outra atividade do Equilíbrio do Ser, o interessado deve levar o documento de identificação, CPF, cópia do comprovante de residência do município de João Pessoa e o Cartão do SUS. Após o cadastro, segue para a Escuta Terapêutica que direcionará para uma das modalidades ofertadas no serviço.

Práticas ofertadas – As práticas terapêuticas individuais são Acupuntura, Eletroacupuntura, Shiatsu, Moxa, Ventosaterapia, Aurículoterapia, Osteopatia, bem como, Reiki e Terapia Floral. As práticas coletivas são Constelação Familiar, Terapia Comunitária, Resgate da Autoestima, Dançaterapia, Permacultura, Chá da Tarde (Fitoterapia), Yoga, Meditação, Cuidando do Cuidador, Biodança, Dança Circular e Tai Chi Chuan.

Localização – O Equilíbrio do Ser fica na Rua João Batista Maia, s/n, na principal do Bairro dos Bancários. Horários de atendimento – das 8h às 12h e das 13h às 17h.

  • Texto: Ângela Costa Edição: Katiana Ramos Fotografia: Arquivo/SECOM (Gilberto Firmino)

  • Secretarias

    sms

  • Tags

    chá da tarde equilíbrio do ser ervas medicinais fitoterapia práticas integrativas saúde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.