Emlur e Semam realizam atividades com estudantes na Semana do Meio Ambiente

Aulas de campo

Emlur e Semam realizam atividades com estudantes na Semana do Meio Ambiente

02/06/2022 | 13:30 | 11

Na programação da Prefeitura de João Pessoa em alusão à Semana do Meio Ambiente, a Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) e a Secretaria de Meio Ambiente (Semam) realizam, nesta quinta-feira (2), um dia de atividades educacionais incluindo, cursos, exposições, palestras e trilhas ecológicas no Parque Zoobotânico Arruda Câmara (Bica).

imagem02-06-2022-16-06-09

Na Emlur, as atividades foram realizadas com os estudantes do 5º ano da Escola Estadual Sesquicentenário – Matheus Augusto de Oliveira, localizada no Bairro dos Estados. Para o superintendente Ricardo Veloso, o trabalho educacional é muito importante para incentivar a conscientização ambiental ainda na infância. “Nesta faixa etária eles se tornam multiplicadores das informações aos demais familiares”.

De acordo com a coordenadora de Educação Ambiental da Emlur, Carol Estrela, um dos pontos da palestra realizada com os estudantes é destacar a necessidade de vivermos em um planeta sustentável, a partir da reutilização dos produtos.

O estudante Robert Tyson, de 10 anos, apresentou um poema exaltando a beleza e a riqueza da natureza. “A professora pediu para a a gente apresentar algo neste dia e eu escolhi fazer um poema e ler para todos”, conta, animado.

imagem02-06-2022-16-06-10 imagem02-06-2022-16-06-12

Intercâmbio – A professora Elza Oliveira explica que a aula de campo complementou o que estava sendo trabalhado em sala de aula. “Estávamos trabalhando a questão da reciclagem, do descarte de resíduos. Trazer eles para a Emlur só aumenta a capacidade de absorção”.

Todo o conhecimento foi passado de maneira lúdica pelo agente de limpeza, Jair Moura. Também teve uma exposição de peças feitas a partir de material reciclado, como papelão e diversos tipos de plástico. Já a parte musical, ficou por conta do grupo Baticumlata, que apresentou canções autoriais sobre as atividades de limpeza e correto descarte de resíduos.

O diretor do grupo, Jairo Gomes, explica que a oportunidade é de interação. “Nós apresentamos as canções e eles apresentaram a nós poesias e pequenos textos com a temática de proteção ao meio ambiente. Além disso, realizamos também um ensaio aberto, possibilitando uma experiência musical, em que eles tocaram nossos instrumentos musicais”, comenta Jairo Gomes.

Miguel Arthur foi um dos participantes e adorou a brincadeira. “Eu toquei chocalho e percussão. O chocalho eu aprendi quando ainda estava na creche”. Sobre a necessidade de cuidar do meio ambiente, ele diz que “ninguém pode respirar bem em um planeta poluído”.

Exposição – Educadores ambientais da Bica montaram uma exposição sobre animais taxidermizados (o que se conhecia como empalhados) e fizeram uma palestra sobre os danos que os resíduos descartados incorretamente, como embalagens de alimentos, causam aos animais do Parque.

“Trouxemos na exposição, embalagens de garrafas, pipoca, palito de sorvete e máscaras, entre outros resíduos, porque são o que muitos visitantes jogam no Parque, seja próximos aos animais e nas trilhas”, explica o técnico Samuel Fonseca. Entre os animais taxidermizados estão o jacaré, o guaxinima, o lagarto e a coruja.

O técnico Gluber Travassos explicou como é feito o processo de taxidermatização. “Retira-se os ossos e as vísceras dos animais mortos e em seguida ocorre a impermeabilização do corpo com produtos químicos no interior e no exterior, para que haja a conservação. Além disso, é inserido metal e materiais moldantes, como a palha para que seu formato possa ser fiel ao que era enquanto estava vivo”.

Programação – Nesta manhã, técnicos da Semam promoveram um curso de meliponicultura, na Universidade Facene, abordando a criação e manejo de abelhas nativas sem ferrão. Na capacitação, também foram trabalhadas as questões de proteção e conservação das abelhas e a comercialização de mel. Também pela manhã, os visitantes da Bica puderam participar da trilha da biodiversidade, que também vai ocorrer à tarde, a partir das 14h.

Na sexta-feira (3), as atividades continuam no Parque Zoobotânico Arruda Câmara, com estudantes das Escola Municipal Leonel Brizola e Damásio Franca. A partir das 9h, haverá campeonato de robótica com estudantes, oficina de reciclagem, exposição das atividades promovidas pelas equipes da Educação Ambiental da Semam. Também será montada a Tenda Verde, com distribuição de mudas de árvores nativas.

Já no sábado (4), as atividades serão na Praça da Paz, nos Bancários, das 14h às 19h, com exposição de material reciclado, vacina para cães e gatos, serviços de saúde como auricoloterapia, plantio e distribuição de mudas. Ainda no sábado, estudantes de Medicina Veterinária, em parceria com a Coordenação de Bem-Estar Animal da Semam, estarão na Praça da Paz, orientando a população sobre cuidados com os animais de estimação, falando sobre importância da vacinação e castração, entre outros cuidados.

  • Texto: Thadeu Rodrigues e Jô Vital Edição: Katiana Ramos Fotografia: Carlos Nunes/Assessoria

  • Secretarias

    emlur semam

  • Tags

    emlur semam semana do meio ambiente sustentabilidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.